Ellodigital

blog article

A importância de utilizar referências

As referências são um fator crucial no desenvolvimento de soluções criativas. Nada é do nada, e reconhecer as referências como um recurso importante não apenas como inspiração mas otimização do tempo, é um passo importante para avançar para o próximo nível no Design.

De onde vêm as ideias

O ser humano só é capaz de criar à partir de coisas que ele conhece. Até mesmo as criaturas místicas são frutos de coisas que já existem, só que combinadas. Uma sereia é uma mulher-peixe, um centauro é um homem-cavalo e um unicórnio é um cavalo com chifres.

Temos em mente a imagem de cada uma dessas coisas separadamente, foi necessário um pouco de imaginação para combiná-las. A imaginação é uma capacidade mental que permite a representação de coisas e momentos existentes ou inexistentes.

Imaginação e criatividade são estritamente ligados, só que a criatividade é a imaginação posta em prática. Outra definição para criatividade é estratégia em ação, um caminho para resolver um problema.

Dito isto, a principal fonte de ideias (pasme) são outras ideias. Ter consciência disso torna o processo criativo muito mais prático e direcionado. “Na natureza nada se perde, tudo se transforma.”

E a capacidade de criar não é exclusiva para profissionais que trabalham com Arte e Design, mas qualquer profissional que precise criar soluções. As referências são formas de começar um projeto, seja qual for, a partir de outro ponto zero. O ponto zero do primeiro avião foi o voo dos pássaros, do segundo avião o primeiro e por aí vai.

Não é necessário inventar a roda a cada novo projeto, mas utilizar as referências ao seu favor para ter um novo ponto de partida.

Tipos de referências

Basicamente, existem duas maneiras de capturar referências. Elas podem vir através de buscas intencionais e direcionadas ou de consumo despreocupado. No último caso, são coisas que você não faz ideia que podem servir como referência, mas ficam na memória (uma espécie de baú de referências) e pode ser usado em algum momento. Isso é o que chamamos de repertório. Por isso a importância de consumir muito de tudo. Repertório (também conhecido como bagagem) é um conjunto de conhecimentos armazenados que facilita a consulta mental e familiaridade sobre um tema. Já na coleta direcionada, há uma busca específica para solução de um problema, há intenção de buscar algo que seja um novo ponto de partida.

Todo projeto precisa de referências. É impossível que qualquer projeto seja isento de influências e inspirações. Um bom criativo consegue reconhecer isso e utilizar ao seu favor. Referências somadas ao seu repertório, desenvolvem um estilo de criação único, o seu.

Fonte