Ellodigital

blog article

EXERCÍCIOS PARA AUMENTAR A CRIATIVIDADE

Aumentar a criatividade é possível, sim! Vamos te mostrar como se auto-desafiar e ser mais criativo em seu dia-a-dia, com exercícios infalíveis e que você não imaginava que podiam ser tão fáceis.

Ser criativo, segundo o Wikipedia, é a capacidade que o ser humano tem para produzir, transformar, agir sobre o ambiente a adequá-lo a suas necessidades. É a capacidade de criar.

Nós, no ramo do design, somos, a todo momento, pré-julgados sermos super criativos. As pessoas acham que nós temos milhares de insights e ideias novas pulando dentro da cabeça prontas para serem soltas.

Essa pressão e excesso de expectativas das pessoas muitas vezes podem frustar os designers. Mas saiba, que você é importante entender que você já é criativo, mas não sabe.

Aceitando, ou não, o ser criativo já está em você. Basta saber como aplicar. Confira alguns exercícios para deixar a criatividade florescer:

1. CRIATIVIDADE É IGUAL “FAZER ACONTECER”

A criatividade vem da prática diária. Um exercício para se tornar hábito em seu dia dia dia é adquirir um caderno e uma caneta  para escrever ou desenhar qualquer coisa que pensar ou ver através do reparo em tudo ao seu redor.

Coisas que podem estar em seu caderno:

• Sketches / desenhos

• Palavras soltas

• Listas de palavras

• Frases (com sentido ou não)

• Rascunhos

• Dúvidas

• Lembretes

• Colagens

• Fotos

• Post-its

A intenção é fazer acontecer. Todos os dias.

2. PALAVRAS AO VENTO

Usar um caderno diariamente é uma excelente ferramenta para fazer as coisas acontecerem e deixar a criatividade fluir. Quanto mais você se dedica, mais você observa e cria conexões capazes de gerar ideias. Esse processo ajuda a destravar sua mente e liberar espaço para qualquer pensamento possível, racional ou irracional.

 

3. SINTA-SE DESCONFORTÁVEL

Sair da zona de conforto tem seus inúmeros benefícios. Um deles é permitir/forçar que sua mente se expanda para novos pensamentos e ideias.

Faça uma lista de coisas que te faça sentir desconfortável de algum modo e escreva algumas linhas sobre a cultura deste lugar, como se sente sobre essa experiência de estar ali.

 

4. COLORINDO IDEIAS

O objetivo dos exercícios é mapear ideias e emoções direto para o papel. Após mapear cenários desconfortáveis, chegou a hora de criar seu próprio ambiente ou história com a ajuda de cores.

Observe o ambiente que você está.

Se está em um lugar muito comum para você, como seu quarto, vire do lado oposto, para observar o que não está tão acostumado. Estar em um café diferente é uma boa opção, também.

Escolha 3 cores que pode ver neste ambiente. Anote.

Agora pense em uma palavra para cada cor — ex.: um adjetivo; um cheiro; um sentimento.

Com 1 das palavras, ou as 3 juntas, em mente (o que se sentir mais confortável), imagine um cenário onde estas 3 cores coexistem, levando em conta a palavra escolhida. Pode ser um lugar, uma história, uma impressão, algo que haja uma conexão.

Transcreva o resultado para o caderno, ou desenhe.

Meu Exemplo:

Cor 1: Cor-de-rosa ⟶ Esperança

Cor 2: Cinza ⟶ Isolamento

Cor 3: Branca ⟶ Frio.

Estas cores me fizeram criar um cenário como em uma fotografia, onde há montanhas de neve, num lugar muito frio e distante, isolado, onde a esperança é despertada por uma única fruta cor-de-rosa, como um brilho no escuro, um ato de vida no meio do nada.

A ação de estar vendo um cenário sob uma nova perspectiva ativa sua criatividade e força você a pensar de uma forma diferente, com um olhar especial. Faça isso pelo menos 1 vez por semana e você irá notar a evolução.

 

5. O PODER DO SUBCONSCIENTE

Você pode não acreditar, mas os sonhos têm um poder fascinante. Seu cérebro nunca para e seu subconsciente pode te dar o melhor das aberturas para novas ideias e descobertas.

Posso contar aqui um bom exemplo.

Em novembro de 1963, Paul McCartney acordou animado após perceber que escutava uma melodia enquanto sonhava. No minuto seguinte lá estava ele, sentado no piano, tentando recriar a melodia do sonho. Soava tão natural e tão familiar que ele suspeitou estar roubando esta melodia de alguém. Pensou que provavelmente já teria escutado antes quando jovem. Será mesmo que já havia escutado antes?

McCartney, para ter certeza, tocou a melodia para os outros integrantes dos Beatles e para pessoas que confiava. A resposta que recebia era a mesma — esta melodia é original, nunca escutamos antes. Foi então que ele se convenceu que o sonho foi um presente do seu inconsciente, e a tal melodia se tornou a famosa Yesterday.

Se você está pensando que o integrante do Beatles deu sorte e foi uma mera coincidência, então você está errado. O sonho foi simplesmente uma resposta para o que ele estava procurando.

Todas as noites, antes de dormir, o gênio Thomas Edison tomava um pouco do seu tempo para preparar seu subconsciente. Ele dizia:

“Nunca durma sem antes ter um pedido ao seu subconsciente.”

Enquanto dormia, sua mente começava a organizar, conectar e criar. E, logo após de acordar, ele passava um bom tempo passando tudo que tinha sonhado para o papel, com desenhos e palavras.

“Mas eu não sou um gênio, vai funcionar?”

Sim, se trabalhar a mente, seu subconsciente vai funcionar.

Logo antes de dormir, pense no problema que quer resolver. Pense em seus objetivos, desafios, experiências.

Não use celular, redes sociais, eletrônicos, nos últimos 30-60 minutos que for dormir. Se desconecte do mundo virtual.

Após acordar, passe 2-5 minutos pensando sobre seus sonhos. Medite se quiser/souber/gostar. (Acorde antes do horário que normalmente acorda).

Pegue seu caderno e comece a trabalhar em cima disso, 10-15 minutos. Anote palavras, frases, desenhos, ideias, ritmos. Mesmo que sentir que não for relevante, anote. Isso pode ser útil mais tarde, e você não está se dando conta no momento.

Se puder, faça isso todos os dias, ou o máximo que puder. Pode não surgir nenhum sonho revelador no começo, ou nenhuma ideia genial, mas estas ações, junto com os exercícios citados anteriormente, vão treinar seu cérebro e subconsciente a trabalhar cada vez mais e, assim, abrir a mente para o novo.

No mundo de hoje nós queremos a resposta agora, para já, que seja magnífico e que faça sucesso. Então pare tudo.

Tenha paciência e não apresse nada. As coisas acontecem em seu próprio ritmo. Se autoconsidere e dê espaço ao tempo, para assim aumentar a criatividade sem pressão.

Mas treinar a mente é preciso. Faça os exercícios durante 30 dias seguidos e torne um hábito desenvolva a sua criatividade.

 

Fonte