Ellodigital

blog article

O que o Marketing e as Agências de Publicidade Podem Aprender com o Marketing Esportivo

A Tudo entrou na área pronta para fazer mais um golaço, dessa vez nós queremos mostrar o que as agências de publicidade e os setores de marketing tem a aprender com o marketing esportivo.

Gestão de crise

Quem trabalha com esporte direta, ou indiretamente, está acostumado a passar por crises diárias na comunicação com o público. Trabalhar com sentimentos não é fácil, e por isso a grande quantidade de clubes de futebol, franquias de esportes americanos, ou empresas diretamente ligadas a alguma liga ou estádio, possuem um estilo e forma de comunicação muito natural pra se passar por uma situação de “bombardeamento” feito pelos clientes.

A comunicação com o cliente

No marketing esportivo a comunicação com o cliente é mais pessoal, com conversas e informações mais diretas entre público e marca. Com isso, a naturalidade que as marcas esportivas trabalham os memes, a cultura pop e a viralidade do momento são sempre muito naurais, além da troca de experiências com o consumidor falando o que ele quer saber. É necessário estar atento aos feedbacks rápidos, pois é a noção “de termômetro” que indica se a comunicação está sendo efetiva.

Ideais fora da caixa

A comunicação esportiva é um exemplo de originalidade constante, exemplos não faltam de ações inesperadas. A comunicação irreverente praticada muitas vezes se traduz em um contato novo e interessante de se passar de forma diferente um assunto que já se tornou rotineiro.

A prova de que publicidade e esporte jogam no mesmo time, é que a indústria esportiva se tornou uma indústria bilionária graças a promoção de eventos e torneios, licenciamento de produtos, patrocínio de times, clubes e atletas, naming rights e diversas outras vertentes de negócios relacionados.